Esta história ainda não foi revisada pelo time de acervo do Museu da Pessoa.
Em caso de dúvidas entre em contato conosco.

resumo

Em sua entrevista, Marcos conta a história de suas raízes no Rio Grande do Norte, abordando a mudança de sua família para o Recife na época de sua infância. Em seguida, fala sobre sua entrada no carnaval e na capoeira, sob os ensinamentos de Mestre Pastinha, capoeirista de Salvador. Aqui, começa a discorrer sobre os fundamentos de sua arte, as características dos instrumentos e o sentido religioso destas práticas. Depois, Marcos fala sobre o bloco Filhos de Zumbi e sua participação no Ponto de Cultura Felipe Camarão, da Ação Griô. Termina seu relato falando sobre a importância da tradição oral aliada à modernidade, sobre seu casamento e sua formação como professor de educação física.

história

O que que acontece na capoeira? Eu estou aqui, eu recebo do, o Mestre Pastinha recebeu de Benedito, um negro africano, ex escravo, com oito anos de idade diz para o Mestre Pastinha, que viu o Mestre Pastinha apanhar de um garoto, lá embaixo, de cima de um sobrado, aí chamou e disse, olha você nã...Continuar leitura




histórias que você pode se interessar

23/11/2021

Lágrimas de chuva

Personagem: Fabiano de SouzaAutor: Museu da Pessoa

23/11/2021

Todo teatro é político

Personagem: Jaime CuberosAutor: Museu da Pessoa

23/11/2021

As mudanças para uma cidade cada vez maior

Personagem: Joaquim Lemos FerreiraAutor: Museu da Pessoa

23/11/2021

Uma mão à comunidade

Personagem: Israel RosentraubAutor: Museu da Pessoa

opções da página